Sebrae Minas lança edital para prestação de serviços no Sebraetec

Programa deve credenciar cerca de 500 empresas que trabalham nas áreas de desenvolvimento tecnológico, produção e qualidade, design e sustentabilidade

Foto: Divulgação


O Sebrae Minas abre inscrição para o edital de credenciamento de prestadores de serviços do programa Sebraetec em Minas Gerais. O Sebraetec é um programa nacional do Sebrae que oferece aos pequenos negócios acesso subsidiado a consultorias nas áreas de desenvolvimento tecnológico, produção e qualidade, design e sustentabilidade. 

A convocação do edital, contendo as normas, orientações, procedimentos, especificações, formulários, relação de documentos a serem apresentados e demais informações está disponível no site do SEBRAE Minas.   

Até o ano passado, somente entidades sem fins lucrativos podiam se credenciar como prestadores de serviços do Sebraetec. Neste novo edital, é permitida a participação de empresas privadas.  A expectativa é que cerca de 500 prestadores de serviços sejam credenciados para atuação em até cinco anos.

Em 2019, o Sebrae Minas vai arcar com 70% dos recursos necessários ao desenvolvimento do projeto aprovado no Sebraetec. Os 30% restantes ficarão por conta do empreendedor. A previsão é de que mais de 2 mil pequenos negócios em Minas Gerais sejam beneficiados com a iniciativa até o final deste ano.

Quem pode se credenciar e etapas de seleção


Os candidatos a prestador de serviço credenciado do Sebraetec devem ser pessoas jurídicas, com atuação há pelo menos um ano nas áreas requisitadas para prestação de serviço:

Desenvolvimento tecnológico - desenvolvimento de produto e transformação digital.
Design de ambiente e de comunicação.Produção e qualidade - mapeamento e melhoria de processos e gestão da qualidade. Sustentabilidade - eficiência energética, gestão da sustentabilidade e resíduos.
“Para atuar em cada uma dessas áreas, é necessário que tanto a pessoa jurídica quanto o prestador de serviços comprovem e evidenciem sua experiência profissional”, alerta a gerente de Inovação e Competitividade do Sebrae Minas, Lina Volpini.

O credenciamento não tem data para ser encerrado. Os interessados deverão passar por quarto etapas: inscrição (cadastro e preenchimento eletrônico dos formulários), habilitação técnica (entrega e avaliação documental da capacidade técnica), avaliação documental (análise de documentos obrigatórios como, atos constitutivos e regularidade fiscal), além de treinamento e alinhamento - os selecionados passarão por um repasse do Sebrae Minas sobre a operacionalização e gestão do programa.

Apoio à inovação

Criado em 1994, o Sebraetec facilita o acesso das Micro e Pequenas Empresas (MPE), Microempreendedores Individuais (MEI) e produtores rurais aos serviços tecnológicos e de inovação para a melhoria de processos, produtos e serviços em áreas como design, inovação, produtividade, qualidade, serviços digitais e sustentabilidade.

“Com esse suporte, os pequenos negócios conseguem ampliar sua competitividade e se posicionar melhor no mercado. O Sebraetec também melhora a qualidade dos produtos, serviços e processos das empresas, elimina desperdícios, reduz custos, aprimora o design de ambientes, embalagens e produtos, adequação a normas e regulamentos e agregação de valor”, explica a gerente do Sebrae Minas.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.