Parada do Orgulho LGBT de Montes Claros será realizada no dia 28 de setembro

Em tempos em que a intolerância e a intransigência quanto à posições políticas, orientação sexual e religião se destacam, não podem faltar ações para que o respeito à individualidade possa ser garantido, assim como a liberdade de expressão.

Foto: Internet 

Desta forma, no dia 28 de setembro, a partir das 15 horas, será realizada a 16ª edição da Parada do Orgulho LGBT em Montes Claros. Organizada pelo Movimento Gay dos Gerais (MGG), com apoio da Prefeitura de Montes Claros, a iniciativa deve atrair um grande público de todo o Norte de Minas e até da capital do estado.

De acordo com o presidente do MGG, José Cândido de Souza Filho, o retorno da festa para a avenida Deputado Esteves Rodrigues foi uma reivindicação prontamente atendida pela Prefeitura e a expectativa de público é de mais 16 mil pessoas. Candinho, como é mais conhecido, ainda lembra que o evento “não é só para o público LGBT, e toda a população está convidada”.

A edição deste ano da parada LGBT comemora os 50 anos de luta do movimento, contados a partir do episódio do bar Stonewall Inn, em Nova York, quando gays e lésbicas não aceitaram a usual repressão policial e se revoltaram. O evento ainda trata de saúde mental e suicídio, em alusão à Campanha Setembro Amarelo.

Entre as atrações musicais da 16ª Parada LGBT, que este ano atenderão aos fãs de todos os ritmos, estão os DJs Lindon, Alice, Saad, Cryst e Dany, além de Pagomoc, Lilly Sowliverr, Tattoo, Luiz Otávio, Erika e Larissa, N’Gandaya e Patrícia Bross.

Programação:

15:00h - Zumba
16:00h - Banda Pagomoc
17:00h - Lilly Sowliverr
18:00h - Banda Taboo
19:30h - Luiz Otávio
20:30h - Erika e Larissa 
21:30h -  N’Gandaia
23:40h -  Patrícia Boss      


Com informações da ASCOM                                                    

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.