Vereadores comemoram sentença que obriga reforma da Ponte Velha em Pirapora

Da tribuna da Câmara, os vereadores Duim Lanches e Beto Fulgêncio comemoraram, nesta semana, a determinação judicial condenando o DNIT-Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte e a Ferrovia Centro-Atlàntica (FCA) a executarem as reformas na Ponte Marechal Hermes, em Pirapora. 

Foto: Internet 

A sentença foi do juiz federal de Montes Claros, Daniel Castelo Branco Ramos. A sentença da Justiça Federal prevê, ainda, pagamento de indenização no valor de R$ 2,9 milhões, por danos morais coletivos, a serem destinados ao Fundo de Recomposição ambiental, e multa diária no valor de R$ 10 mil, caso não seja executada a reforma da ponte num prazo máximo de 12 meses. A ação data de 2015 e foi ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais, Ministério Público Federal e Iepha-MG.

“É mais um estímulo importante para o turismo de Pirapora”, festejou o vereador Beto Fulgêncio, para quem a Ponte Marechal Hermes e o vapor Benjamim Guimarães “formam um casamento bonito” no processo de desenvolvimento do turismo no município. Assegurou que a liberação de verbas para reforma do vapor também está em andamento e “temos certeza de que também será anunciada em breve”.

O vereador Duim Lanches subiu à tribuna para lembrar também que sua luta em defesa da reforma da Ponte Marechal Hermes é antiga, destacando que, inclusive, atendendo a um pedido seu, a Câmara de Pirapora enviou ofício à Câmara de Buritizeiro propondo parceria para liderar movimento em favor da reforma da ponte. 

“Não houve interesse daquela Câmara, mas hoje, felizmente, a gente vê a Justiça determinando essa reforma tão amplamente reivindicada pelos piraporenses e por nós”.

Duim Lanches se comprometeu a acompanhar a execução das reformas, conforme determinação da Justiça Federal, e fiscalizar seu andamento para que os reparos sejam cumpridos dentro do prazo judicial de 12 meses. “A ponte reformada será mais um cartão postal importante para estimularmos o turismo em nossa cidade”, afirmou.

ASCOM/CMP


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.