"Dia de Prosa e Oportunidades” discute a importância dos frutos do cerrado para a economia e saúde

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com a Prefeitura de Montes Claros, Núcleo do Pequi, Sebrae Minas e Idene, estará presente com um stand na 29º Festa do Pequi, a ser realizada nos dias 7,8 e 9 de fevereiro na Praça da Matriz, centro histórico de Montes Claros.

Foto Fábio Marçal

Durante o evento serão expostos produtos feitos do processamento do pequi, como a polpa de pequi em conserva, óleo de pequi, e também produtos dos diversos frutos do cerrado, como coquinho azedo e baru. Haverá ainda exposição de frutos e plantas nativas e exóticas produzidos pelo viveiro de mudas do Instituto de Ciências Agrárias da UFMG.

O Sebrae Minas estará presente com dicas de empreendedorismo e casos de sucesso, como o uso dos frutos do cerrado para a fabricação de produtos como cerveja artesanal. No dia 8 de fevereiro será realizado o “Dia de Prosa e Oportunidades”, uma roda de discussões com a apresentação de produtos, instituições e produtores que estão inseridos na cadeia produtiva do pequi e de outros frutos do cerrado. O objetivo é levar ao público a oportunidade de conhecer melhor os produtos do processamento do pequi, assim como destacar a importância de sua cadeia produtiva para a preservação do meio ambiente e geração de renda.

O evento visa também estimular o empreendedorismo e novos modelos de negócios com base na cadeia produtiva do pequi e dos frutos do cerrado. O evento ocorrerá das 15 às 17 horas, no Largo Cultural Georgino Jorge de Souza Júnior, na lateral da Praça Doutor Chaves (Praça da Matriz). Pesquisas científicas mostram que o consumo do pequi e dos frutos do cerrado pode estar associado a inúmeros benefícios. Assim, diversas empresas têm apostado nos frutos nativos como uma alternativa de ingredientes para alimentos, medicamentos, cosméticos, biocombustíveis e outros.

A Festa do Pequi é uma boa oportunidade de aproximar o público em geral desta realidade e estimular o consumo e o empreendedorismo na cadeia produtiva do pequi e dos frutos do cerrado, bem como estimular o desenvolvimento sustentável na região Norte de Minas Gerais.  


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.