Com autoridade sanitária, Fundação cria Comitê Técnico para contenção do Coronavírus

Engajada e comprometida com os planos contingenciais, recomendados pelas autoridades de Saúde Pública, em relação ao combate da disseminação da pandemia do Coronavírus (COVID-19), a Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire investiu na contratação de uma profissional especializada e com bagagem em Comissão de Controle de Infecção (CCIH).


Visando, ainda mais, adequar-se para esta nova realidade, aprimorar os seus processos, capacitar seus profissionais, tranquilizando assim a população de Pirapora e região, neste momento atípico que requer alerta em todo o país, a Fundação agora conta em sua equipe, com uma autoridade sanitária da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A Dr. Marília Baeta, médica do quadro efetivo do SES, também membra do corpo clínico do Instituto Mario Penna e do Hospital da Baleia (ambos de Belo Horizonte), é a uma das responsáveis do Comitê Técnico da Fundação, criado para implementar e assegurar a resposta emergencial de saúde pública, de âmbito nacional, preconizada pelo Ministério da Saúde. Cabe a este grupo garantir a tranquilidade e segurança no atendimento da população de Pirapora e região.

Para isso, seguindo todas as normas do Ministério da Saúde, um protocolo específico para atendimentos de pacientes com suspeitas do Coronavírus, está em fase de implantação para evitar riscos para outros pacientes. “Nosso trabalho é trazer tranquilidade para a população. Divulgaremos diariamente, de forma oficial, todas as informações pertinentes à esta pandemia em Pirapora, para orientarmos a todos, na tentativa de conter a preocupação generalizada causada pelas fake News, o que pode gerar a superlotação do hospital, dificultando o acesso e a assistência daqueles que realmente precisam”. Explicou Dr. Marília Baeta. Com informações da ASCOM. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.