Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

Moro divulga mensagem em que Bolsonaro critica Polícia Federal por ação contra aliados

24/04/2020

/ by UPira

O ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro apresentou, ao “Jornal Nacional”, da Rede Globo, o que seriam provas das acusações feitas por ele contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os fatos foram apontados durante pronunciamento realizado nesta sexta-feira (24/04/2020), em que o ex-juiz da Lava Jato apresentou ao país as principais motivações para o seu pedido de demissão.

Em uma troca de mensagens na quinta-feira (23), Bolsonaro envia o link de uma reportagem do portal O Antagonista que diz “PF na cola de dez a 12 deputados bolsonaristas”. O presidente escreve: “Mais um motivo para troca”, se referindo a possível exoneração de Maurício Valeixo, diretor-geral da Polícia Federal (PF).

Moro respondeu que a investigação não foi pedida por Valeixo, mas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). E disse que poderiam conversar sobre o assunto pessoalmente. A publicação citada na mensagem aponta que o inquérito das Fake News deve alimentar um outro, sobre as manifestações contra a democracia, realizadas no domingo (19). Os dois são conduzidos por Moraes.

Em outra imagem entregue ao “Jornal Nacional”, a deputada Carla Zambelli (PSL), aliada de Bolsonaro, pede que Moro “aceite Ramage” (em referência a Alexandre Ramagem, diretor da Agência Brasileira de Inteligência, cotado para assumir o cargo de diretor geral da Polícia Federal) e, em setembro, vá para o STF. Moro rejeita a oferta e diz não estar à venda.

Ao expor a troca de mensagens com a parlamentar, Moro parece indicar que não teria condicionado a troca de diretores da PF à indicação de vaga no Supremo, ao contrário do que disse Bolsonaro em pronunciamento realizado também nesta sexta.


Foto reprodução

O Tempo

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo