Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

#FakeNewsnão : Upira também abraça o movimento mundial contra as notícias falsas

31/07/2020

/ by UPira
Por Max Rocha 

Há pessoas que repassam informações para outras sem verificar se elas são verdadeiras ou não. Mas decisões ruins podem ser tomadas com base em uma Fake news: desde o clique em um link que vai levar o computador ou celular a ser infectado por um vírus, até a negligência com as vacinas dos filhos e mesmo a prática de violência. 


As Fake news têm consequências. Não repasse algo que não tiver checado antes.
Algumas dicas podem ajudar você a identificar notícias falsas. São mal escritas, apelativas, querem despertar revolta e, claro: ser passadas para frente. Para parecerem verossímeis, elas trazem algumas informações verdadeiras e usam dados fora de contexto. 

Verifique sempre: Atenção ao compartilhar!

As notícias falsas também têm origem duvidosa: São repassadas sem links ou vêm de sites desconhecidos. A dica mais importante é esta: Verifique sempre. Faça uma pesquisa na internet, descubra se sites conhecidos também publicaram. Em tempo de "pós verdade", não caia na enganação e nas armadilhas das Fake news!

Muitas das informações que circulam pela internet nem sempre são verdadeiras, principalmente nas redes sociais. Mas como identificar o que é verdade e o que é mentira? As dicas a seguir podem auxiliar você a fazer essa checagem. Claro que não são perfeitas e estão sujeitas a falhas, mas podem ser de grande ajuda. Confira:

Leu nas redes sociais? Cuidado...

1 – Verifique se a informação que você recebeu cita uma fonte confiável. Fontes confiáveis costumam ser os sites oficiais, páginas de jornais conhecidos, blogs respeitados. Na dúvida, pergunte para seus amigos: na internet, é a comunidade que define o que é confiável ou não.

2 – Pesquise na web para ver se mais de uma fonte confiável publicou a notícia. Informações verdadeiras costumam ser publicadas por vários sites confiáveis. Boatos, mentiras e invencionices não são manchetes de verdade.

3 – Cuidado com os sites e blogs de boatos e mentiras transformados em notícias falsas. Há muitos especializados em fazer humor, por isso é importante aprender a distinguir informação de piada.

4 – Cheque sempre a data em que a notícia foi publicada. De vez em quando, notícias velhas voltam a circular como se fossem recentes. Embora possam ser verdadeiras, o contexto poderá ser diferente.

5 – Há muitos erros de português na notícia? Isso é um bom indício de que o texto não foi escrito a sério. Tenha bom senso. Na maioria das vezes é possível identificar notícias absurdas.

6 – Se continuar com dúvida, evite compartilhar informações recebidas. Afinal, você não quer passar uma mentira ou um boato (convertidos em notícia falsa) para frente, não é?

7 - Atenção redobrada com as Fake News relacionadas com a pandemia, governos e campanha eleitoral. Achismos, fofocas, denuncisnos, ataques pessoais e tentativas de desmoralizar adversários políticos também alimentam a rede de notícias falsas.

 "Estão falando", "Me contaram" e "Fiquei sabendo"...  #FakeNewsnão !




Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo