Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

BNB quer financiar construção da Barragem de Jequitaí

16/09/2020

/ by UPira
O Banco do Nordeste quer financiar a construção da Barragem de Jequitaí e ofereceu os recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) para essa obra. 


O superintendente estadual Wesley Mácio Gonçalves Maciel, apresentou essa proposta ao diretor geral do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas (Idene), Nilson Borges, durante seminário virtual realizado ontem de manhã para apresentar as metas do FNE para 2021. O Norte de Minas terá R$ 1.486.795,00 de recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) para aplicar em 2021.

O superintendente explica que pelo planejamento inicial, o Norte de Minas teria 2,5% dos recursos, mas com a apresentação dos projetos, subiu para 6,6% e o valor de R$ 1,4 bilhão poderá ser ampliado, desde que apareçam projetos. Como o Espirito Santo faz parte da Superintendência Estadual sediada em Montes Claros, aquele Estado contará com R$ 560,5 milhões e com isso, o volume dos dois Estados será superior a R$ 2 bilhões. O evento foi acompanhado pelos presidentes das principais entidades de classes, que puderam apresentar suas propostas.

O BNB mostrou que em 2019 foram aplicados R$ 1.786.500,00 do FNE na área mineira da Sudene e para 2020 foram destinados R$ 1.750 bilhão, sendo que até o final de julho já tinham sido aplicados R$ 685 milhões, mas a quantidade de projetos apresentados passam dos R$ 2 bilhões. O melhor ano do FNE ocorreu em 2018, quando foram aplicados R$ 2,229 bilhões. A queda no montante, segundo Wesley Mácio Gonçalves Maciel é por causa da Pandemia Coronavirus, pois isso represou vários projetos dos investidores, assim como ocorreu uma queda na economia nacional e o FNE tem como principal fonte o Imposto de Renda.

O presidente do Sindicato Rural de Montes Claros, José Avelino mostrou que o Norte de Minas tem de agregar valores nos seus produtos, como forma de melhorar o faturamento, assim como frisou a importância da energia solar. O diretor geral do IDENE, Nilson Borges mostrou que a proposta do BNB é similar ao Plano de Desenvolvimento Integrado apresentado pelo Idene. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Ernandes Ferreira, pediu menos burocracia na aprovação dos projetos do setor comercial. O presidente da Associação Comercial, Leonardo Vasconcelos reforçou a importância de fortalecer a economia regional.

Gazeta Norte Mineira 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo