Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

Coluna Visão do Esporte: Morte mostra tamanho e status de Maradona no futebol

01/12/2020

/ by UPira
Coluna Visão do Esporte

por Hebert Vinicius

Morte mostra tamanho e status de Maradona no futebol

Foto: Carlo Fumagalli/AP/Arquivo

A repercussão da morte de Maradona dá a dimensão do tamanho que ele teve para o futebol. Comparado a Pelé, Diego foi campeão do mundo com a Argentina e pode ser considerado o primeiro jogador a globalizar um campeonato de futebol.

Foi a combinação do seu talento inigualável com o processo de consolidação da TV a cabo nos principais mercados do mundo que permitiu que o Campeonato Italiano se tornasse o primeiro torneio de futebol global a partir do fim dos anos 80.

Um gênio dentro de campo, e genioso fora dele, Maradona arrebatou multidões na época em que as jogadas dos craques começavam a ser registradas e compartilhadas mundialmente pela televisão. Os dramas na vida pessoal de Dieguito também ganhavam contornos maiores pela extensa cobertura da mídia, o que ajudou a catapultar a imagem mundial de Maradona como um ícone de uma geração.

Genial, irrequieto, polêmico, Maradona talvez tenha sido o mais humano dos ídolos recentes do esporte. O irrecuperável vício das drogas, a frequente manifestação pública de repúdio ao status quo da bola desde que foi suspenso por doping, durante a Copa do Mundo de 1994, a necessidade de sempre se manifestar politicamente, alinhando-se à esquerda e tendo em Fidel Castro um amigo inseparável. A idolatria dentro da Argentina, em que até mesmo uma igreja para venerar El Dios foi criada. Tudo o que se referia ao eterno camisa 10 ganhava repercussão mundial.

Algumas horas após sua morte, o Twitter divulgou que mais de 3 milhões de tuítes haviam sido publicados lamentando a morte de Maradona. Gente do mundo todo que lamentava a perda do ídolo, com destaques para Argentina, Brasil e Itália.

Por todo o mundo, a mídia também parou para reverenciar Maradona. Em todos os principais países do mundo da bola, edições especiais em sites, TVs e jornais foram preparados ao longo do dia para relembrar o craque. Jogadores de todo o mundo também prestaram uma derradeira, e mais do que merecida, homenagem. 

Máquina do Esporte.


jornalista Hebert Vinicius (MTB 17.033) é especializado em jornalismo esportivo. Tem como destaque em sua bagagem profissional, as coberturas do Campeonato Mineiro e do Campeonato Brasileiro (2011 e 2012), da Superliga de Vôlei Masculino (2009 a 2014) e diversas outras competições em todo o Norte de Minas. Atualmente faz parte da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pirapora, é membro do Conselho Municipal de Esportes e atua nas transmissões esportivas da Rádio Pirapora.



Contato:
 hebertvinicius11@gmail.com 
 facebook.com/hebertvinicius11 
 instagram.com/hebertvinicius11/

*  O conteúdo publicado é de inteira responsabilidade de seu autor e não reflete a opinião do site.




Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo