Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

Consórcio nacional de vacinas tem 4 cidades da região Norte de Minas

09/03/2021

/ by UPira

Fruta do Leite, Francisco Sá, Grão Mogol e Pirapora estão na lista que reunia, ontem, 152 municípios mineiros para compra de dose contra Covid

Por Jornal Hoje em Dia

Prefeituras de 152 municípios mineiros já manifestaram, até ontem, o interesse em fazer parte do consórcio para compra de vacinas contra a Covid-19. As gestões têm até sexta-feira (5) para aderir à iniciativa da Frente Nacional de Prefeitos (FNP).


Foto: Sérgio Lima

Do Norte de Minas, quatro cidades já se apresentaram: Fruta do Leite, Francisco Sá, Grão Mogol e Pirapora. Após assinar o termo de intenção, as administrações receberão uma minuta para apreciação de um projeto de lei nas câmaras municipais locais para viabilizar a participação no grupo.

A previsão é a de que a associação seja instalada até 22 de março. Ao todo, 649 chefes do Executivo de todo o país já confirmaram participação no negócio.Além das quatro norte-mineiras, também já apresentaram interesse em participar do consórcio Belo Horizonte, Contagem, Nova Lima, Santa Luzia, Juiz de Fora e Uberlândia.

Em todo o país, 649 prefeituras, segundo a lista divulgada ontem pela Federação Nacional de Prefeitos (FNP), já se interessaram pela iniciativa lançada na última segunda-feira (1º) em uma reunião com cerca de 300 prefeitos.

A ideia da FNP é que as prefeituras possam comprar as vacinas caso o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde não seja capaz de suprir toda a demanda de vacinação. Por isso, a aquisição das doses não seria feita de forma imediata à criação do consórcio.

Pelo menos três formas de financiar a aquisição das unidades já estão sendo avaliadas. As possibilidades principais utilizariam recursos do governo federal; financiamento por organismos internacionais ou doações de investidores privados brasileiros. Segundo a FNP, no primeiro momento não haverá custos aos municípios.

Mais uma remessa de CoronaVac

Minas recebeu ontem mais um lote com vacinas contra a Covid-19. Desta vez, o Estado recebeu 285.200 doses do imunizante chinês CoronaVac, desenvolvido pela farmacêutica Sinovac e produzido pelo Instituto Butantan. A carga foi encaminhada à Central de Rede de Frio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), na capital. Nos próximos dias, as vacinas serão distribuídas às 28 Unidades Regionais de Saúde (URS). Com o novo carregamento, Minas já recebeu 1.813.780 imunizantes, sendo que 1.293.875 foram distribuídos aos municípios.

Oito milhões de doses da Covaxin neste mês

Ao longo de março, segundo o Ministério da Saúde, devem chegar novos lotes de vacinas. Além de remessas do Butantan, mais doses da AstraZeneca/Oxford, já produzidas no Brasil pela Fiocruz (3,8 milhões). Do mesmo laboratório, o Brasil também deve receber ao longo do mês mais 2 milhões de doses importadas da Índia e outras por meio do consórcio Covax Facility. A pasta informou que assinou o contrato com o laboratório Precisa Medicamentos/Bharat Biotech, responsável pela vacina indiana Covaxin. Das 20 milhões de doses acordadas, 8 milhões já devem estar disponíveis para o Programa Nacional de Imunizações (PNI) ainda este mês.

*Com Agência Brasil

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo