Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

Pedro Surubim lança projeto de entrevistas com músicos barranqueiros

15/04/2021

/ by UPira

 "Espelho D’Água: A arte barranqueira pelo artista barranqueiro" busca resgatar e enaltecer a identidade dos artistas piraporenses

Por Max Rocha

Em 1978 o grande artista nascido em Pirapora, Marku Ribas (1947-2013), lançou o icônico disco "Barrankeiro", pela gravadora Philips. O LP parece transportar quem o ouve para a beirada do Rio São Francisco, no Norte de Minas, e ao mesmo tempo para o cotidiano da cidade de Pirapora - sempre com muita emoção e ritmo. 

Dos anos 70 pra cá uma série de outros trabalhos foram também responsáveis por marcar essa paisagem visual e sonora que descreve o que se passa nas margens do "Velho Chico". A essa musicalidade particular, tipicamente regional, deu-se o nome de "música barranqueira", que ganha o mundo pelas vozes e instrumentos de vários cantores e músicos piraporenses.


Mas, afinal, o que define a música barranqueira? É a poesia? É a sonoridade? São seus artistas? São os tambores ou a geografia? Para responder essas perguntas e conhecer um pouco mais a identidade do todo barranqueiro, o Artista Pedro Melo - "Pedro Surubim" realizará o Projeto "Espelho D’Água: A arte barranqueira pelo artista barranqueiro". 

Entre os dias 19 de abril a 6 de maio, sempre as 19h30, Surubim entrevistará compositores, intérpretes e grupos de destaque da música barranqueira de Pirapora, sua terra natal. As conversas, em tom descontraído, acontecerão ao vivo, transmitidas pelo Youtube, Facebook e Instagram do Artista e da EMUTUR - Empresa municipal de Turismo de Pirapora. 

Inspiração, perguntas e respostas

Quem não ouviu 'Riacho Correndo', canção de Inácio Loyola, ou ainda, cantou 'Frutas do Sertão' (de Ivinho Loppes) para um trabalho de escola ? Essas músicas e artistas de nossa terra são parte importante de nossa identidade. Mas o que inspirou esses músicos produzir tais composições? O que tem de diferente nesse som para ser chamado de barranqueiro?


"Para responder essas e outras perguntas,  nada melhor que conversar com os próprios artistas e eles nos ajudarem a entender todo essas universo rítmico e autoral”, diz Pedro Surubim, idealizador do projeto. A iniciativa é uma das contempladas pelo edital 14/2020 - seleção de bolsistas para áreas artísticas da Lei Aldir Blanc/202, do Governo de Minas Gerais. 

A novidade conta com o apoio da Prefeitura de Pirapora, Secretaria municipal de educação, Emutur e também do Clube Literário Tamboril. “Todos esses parceiros são responsáveis e sabem da importância da cultura para a cidade. Juntos, todos querem saber mais sobre a identidade do nosso povo", comentou.

"A ideia é fazer com que essas músicas possam, cada vez mais, ocupar espaços definitivos na internet, nas escolas, casas, nas rádios, imprensa e também nas play lists das pessoas. Nossos artistas e sua riqueza cultural merecem muito mais (re)conhecimento e valorização!”, enfatiza Surubim.

Bate-papo musical e online 

O projeto também é ilustrado pela fotografia conceitual, documental e poética de Danilo Nascimento - "Bicho Carranca", retratando a geografia cultural da "Capital morena do Rio São Francisco". Confira aqui a programação de 17 entrevistas, em formato de live, do "Espelho D’Água" - todos os dias às 19h30:

● Priscila Magella - 19/04

● Inácio Loyola - 20/04

● Leninha e Cris Hutter (Irmã e sobrinho do Capitão Magela) - 21/04

● Júlia, Lira e Fatão Ribas (esposa e filhas de Marku Ribas) - 22/04

● Pepeh Paraguassu - 23/04

● Marcio Levy - 24/04

● Ivinho Loppes - 25/04 (excepcionalmente às 11h30)

● Bosco- 26/04 

● Haroldo Anunciação - 27/04


● Família Félix - 29/04

● Lobão - 30/04

● Grupo Santa Cruz - 01/05

● Daniel Júnior - 02/05

● Marden Ramos - 03/05

● As Meninas de Pirapora - 04/05

● Grupo de São Gonçalo (de Seu Arquileu) -  05/05

● Banda Pirão de Peixe - 06/05



Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo