Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

Thom Bar é tricampeão do Comida di Buteco 2021 em Montes Claros

12/09/2021

/ by UPira

Estreantes Bendita Espeteria e Tô Atôa ficam em segundo e terceiro, respectivamente. Pela primeira vez, nenhum participante será rebaixado

 Por Wesley Gonçalves


Fotos: Mário Aquino

Os vencedores do Concurso Comida di Buteco 2021 foram conhecidos na noite desta quinta-feira (09/9), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), em Montes Claros. O vencedor irá representar a cidade no Concurso Nacional no dia 06 de outubro, em São Paulo.


17 butecos participam do Concurso Comida di Buteco (CdB), após quatro adiamentos em função da pandemia do novo Coronavírus (SARS-COV-2) – Covid-19 e aconteceu de 30 de julho a 22 de agosto.

Antes de revelar os vencedores, a coordenação nacional do CdB apresentou uma novidade para os donos de botecos participantes da premiação. Devido às dificuldades enfrentadas pelos bares em 2020/2021 com a pandemia, os participantes deste ano estão, automaticamente, classificados para a edição 2022.


“Pela primeira vez no Comida di Buteco, nenhum participante será rebaixado. Essa foi a forma encontrada pela coordenação nacional de continuar ajudando os botecos participantes a se recuperarem, pois sabemos que no período do CdB, os bares costumam ficar com maior movimento. E temos a certeza que agora os participantes voltam a atenção para pensar em suas receitas para 2022, já que o tema será livre”, ressaltou Maria Eulália Araújo, uma das coordenadoras do CdB.


Em Montes Claros, o Comida di Buteco já teve 10 vencedores diferentes. Thom Bar, tricampeão (2021, 2014 e 2012); Carrancas (2019); Estação 23 (2018); Kina do Caipirão (2017); Universo do Beiju (2016), Bar dos Amigos (2015); Cantina do Léo por três vezes (2005, 2006 e 2010); Bar Barracão (2011); Bar da Tia Dalva (2013) e Bar do Divino (2007).

Depoimentos

O empresário Thonnely Mendes, dono do Thom Bar, estava emocionado ao receber o prêmio e destacou quais foram os segredos para o tricampeonato.

“Estamos muito felizes com reconhecido pelo público. Lá no bar, fizemos uma linda homenagem aos Catopês, a história infantil da Rapunzel que dá o nome ao petisco e usamos muitos ingredientes de raízes como foi pedido no tema deste ano. 

Eu costumo dizer que a gente sempre entre no CdB de corpo e alma. E este ano não foi diferente. Porém, devido a pandemia e os decretos sanitários, tivemos 30% do público a menos se comparado aos outros anos. Mesmo assim, chegou a sair 40 pratos por noite, o que dá uma média de 2 petiscos por mesa, o que para a gente foi muito positivo. Lembrando que antes da Covid-19, e sem as restrições, chegamos a fazer 100 pratos com os petiscos por noite. 

Agora, com confiança e a mesma paixão, vamos levar um pouco da nossa cultura gastronômica para o concurso nacional em São Paulo, no mês que vem”, ponderou o empresário.

Já Frederico Guilherme Pereira de Souza, do Bendita Espeteria, falou da emoção em participar pela primeira vez do CdB e já sagrar-se vice-campeão.

“É com muita alegria que vou dividir esse segundo lugar com a minha família e com os meus clientes, pois estreamos entre os melhores e isso já mostra que o público teve uma boa aceitação do nosso petisco concorrente. Durante o mês de agosto tivemos um grande movimento devido ao CdB. Foi um crescimento de 40% se comparado aos meses anteriores. O CdB nos ajudou a superar este momento de crise em que o país está passando”, finalizou o empresário.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo