Responsive Ad Slot

Últimas notícias - usar latest

O ouro do Norte de Minas: Risoto de carne de sol com lascas de pequi flambadas na cachaça

07/03/2022

/ by UPira

 O Buteco do Max apresenta uma releitura, igualmente saborosa, do famoso Arroz com pequi

Por Max Rocha


As regiões de Minas Gerais são, em diversos aspectos, muito diferentes entre si, o que proporciona uma miscelânia de cores, sabores e aromas. Embora diversificada, essa mistura tem sempre a cara do estado. Na gastronomia não seria diferente, como explica o Marketólogo e Turismólogo, Luís Carneiro. No Norte de Minas o sol é forte praticamente o ano todo, entrando pelas janelas das cozinhas, reluzindo as cores e ativando os sabores tão característicos da região.


Aqui, um fruto que geralmente divide opiniões, é famoso tanto pelo seu cheiro forte quanto pela sua cor amarelada e sabor marcante. Símbolo do cerrado e da gastronomia regional, o pequi, além de polêmico, é muito versátil. “Tem doce, compota, é usado em pratos quentes, receitas tradicionais e tem até sorvete. São diversas opções para se deliciar”, garante a Chef Bernadete Guimarães Silva, consultora, pesquisadora e curadora em assuntos gastronômicos norte-mineiros.


Além da versatilidade na cozinha, o pequizeiro (árvore da qual é extraído o pequi) é típico da savana brasileira, com sua forma fina, retorcida e copa achatada consegue suportar bem as altas temperaturas, tornando-se assim uma ótima opção de plantio e coleta para as famílias de pequenos agricultores da região, garantindo o ganho e o sustento de muita gente em épocas que outros produtos não suportam o calor do verão, lembra a Chef Bernadete.

Carne de sol e cachaça

Além do pequi, outro sabor característico do Norte de Minas é a carne de sol, que hoje, ao contrário do que sugere o nome não é feita mais a partir da exposição ao sol, mas sim, a partir da adição de uma fina camada de sal aos cortes bovinos - colocada em locais cobertos e bem ventilados para secar. A adoção dessa nova forma fez com que o processo de curagem se tornasse mais rápido. O resultado é uma peça mais macia, mas ainda assim com o sabor original da típica carne de sol.


Quem conhece a região, sabe bem que no Norte de Minas, o pequi, a carne de sol e a mandioca andam bem juntinhos, sempre acompanhados de uma boa cachaça mineira - outra especialidade icônica desse canto do estado. A inúmera quantidade de alambiques e rótulos pelas bandas de Salinas, Januária, São Francisco, Montes Claros e Buritizeiro garantem uma vantagem expressiva na produção do destilado. Minas é, há muito tempo, a potência nacional na produção de cachaça.


Só de falar já deu vontade de colocar o avental e partir para a cozinha. E para celebrar essa região tão rica e calorosa (ao sabor de um belo tira-gosto de carne de sol com mandioca), a Chef Bernadete preparou uma releitura do emblemático ‘Arroz com Pequi’ de Montes Claros. O risoto do Norte de Minas tem carne de sol, pequi, cachaça e outras delícias da cozinha regional. Realmente, é de se apaixonar. Combina muito bem com o sol e o calor humano do Vale do São Francisco.







Valorize Minas Gerais, seus atrativos e sabores. Acesse https://www.minasgerais.com.br/pt

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo