Responsive Ad Slot

Últimas notícias

latest

A ascensão dos influenciadores digitais como personalidades na web

03/08/2020

/ by UPira
Câmera ou celular na mão, legiões de seguidores, muitas ideias na cabeça e storys nas telas...

Por Max Rocha 

A opinião das celebridades e famosos sempre pesou no comportamento e nos  hábitos de consumo do público. Mas a internet, especialmente as mídias sociais, elevaram esse poder a um novo patamar.


E nos últimos tempos ganhou força e grande visibilidade a figura do "Digital Influencer", um formador de opinião capaz de realmente influenciar a web, multidões de seguidores nas mídias (redes) sociais.

O influencer não é necessariamente um jornalista ou vendedor. A partir de parcerias com marcas, anunciantes e patrocinadores, cria conteúdos exclusivos, promove ofertas, divulgar produtos, serviços e eventos.



Os influenciadores digitais no Facebook, no Instagram e no YouTube começaram produzindo vídeos e posts sem muitas pretensões. Com o tempo, passaram a atrair amigos, fãs, seguidores e atenção.

Status, moda ou carreira 

Gente que saiu do anonimato ou da zona de conforto, se reinventou ou inovou, ganhou referência na internet e conquistou multidões online, inspirando atitudes, moda, tendências, estilos de vida, opiniões, protestos, comportamentos e hábitos de consumo.

Seguindo a rotina de challengers, storys, lives, posts no feed, tutoriais, ensaios fotográficos, entrevistas, recebidos, presenças em eventos, engajamentos, likes e compartilhamentos, essas novas "webcelebridades" chamaram a atenção das empresas e dos anunciantes.



Assim, o status, a moda ou a carreira de digital influencer é o novo atalho (pelo notebook e smartphone) para o sucesso na internet, ao conreverter influência, produção de novos conteúdos e popularidade online em parcerias e publicidade.

Polêmicas a parte, há quem acredite que o influenciador digital não é apenas um produtor de conteúdo em busca de fama e curtidas, mas também um emergente ou potencial empreendedor digital, cujas configurações estão sendo atualizadas.

Marketing e confiança 

Através do chamado "marketing de influência", instagramers e youtubers  apresentam, indicam ou recomendam empresas, marcas, mercadorias, novidades e tudo mais ofertado pelos mercados consumidor e de entretenimento.



Assim, os digitais influencers compartilham suas opiniões, experiências, conselhos e benefícios (sobre produtos, lugares e serviços) com seus seguidores, contando com a credibilidade e confiança de uma boa parte do seu público.

Cada vez mais comuns são os casos de jornalistas, modelos, maquiadores, publicitários, fotógrafos, profissionais da gastronomia e educadores, entre outros, que também se "transformaram" em Influencers, ampliando visibilidade e alcance.



Segundo uma recente pesquisa do Google, 70% dos jovens se identificam e confiam muito mais nos influencers do que na imprensa tradicional,  nos famosos, nas celebridades da TV e do cinema. Tempo de (r)evolução antenada e conectada.

Mas nem tudo é só sucesso...

Mas para preservar tamanha influência, as personalidades digitais precisam manter uma rotina frquente, quase pontual e diária, de novos conteúdos, sempre atualizados. Horas de trabalho e dedicação que também custam cansaço, sono e estresse.

Mas nem tudo é só sucesso, beleza, estrelismo, mídia, "lacrações", moda e modismos, glamour e plenitude, pois a webcelebridade também tem seus conflitos, desafios, dilemas, dificuldades e desvantagens - inclusive na vida real dos boletos a pagar. 



Além dos ocasionais embates com a geração anterior (pais, familiares e internautas mais velhos) que ainda não compreendem esse #lifestyle online, a maioria dos influencers convive com a sensação de tempo corrido, perda de privacidade e hiper exposição.

São alvos preferidos dos "haters" - pessoas ou perfis falsos dedicados a críticas gratuitas, comentários de ódio, "tretas", ataques pessoais e "fake news" contra seus desafetos. Em geral, os haters são movidos por inveja, fofoca, boataria, recalque e necessidade de autoafirmação.

Andy Warhol estava certo...

Seja em Pirapora, Buritizeiro ou Várzea da Palma, estudantes ou empreendedores, profissionais consolidados ou ainda buscando seu lugar ao sol, de todas as idades e estilos, os influenciadores merecem mais respeito, reconhecimento,  apoio e um outro olhar.


Nossos parabéns e agradecimentos a Juliana Santos, Luciana Muniz, Júnior Carvalho, Edmara Vileffort, Nalanda Cecília, Carla Gabriele, Renata Souza, Raah Costa, Stefany Lorena, Nubia Nascimento, Mari Lacerda, Lorendayne Carneiro, Nahyara Macena, Roni Alencastro, Pierre Coutinho, Arielly Martins e Graciele Antunes.
( Hide )

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo